Galeria fotos 2013 Irlandioesporte

                 

Tradutor do site, traduza o site em qualquer idioma depois p/ voltar ao normal Clik em (Original)
English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Phablo Projetos

Assista aos jogos do Brasileirão, escolha seu jogo clik em CO1 OU CO2  depois clik em baixo p/ expandir a imagem em toda tela do seu pc modo tela cheia, para ver outro jogo ou atualizar a pagina vá até o topo do site e clique em página inicial.

 

                 Ranking  do Futebol Ipueirense 1990/2014

                                                                          Pontos

1º   Palestina                                                    4400

2°  Guarani da Estação                                 3800    

3º   Villarreal Livramento                              2600

4°  Cruzeiro do Livramento                           2400

5º Goiás do Chico Pereira                               2250

6°   Grêmio Cupira                                         1900

7°   Ceará Bairro São José                           1800 

8º  Grêmio do Lamarão                                 1600

9º  Manchester do São Roque                    1500

10º  Corinthians Lagoa dos Tavares          1300 

11º  Paraná Sta Maria                                       1300

12º Flamengo de Matriz                                  1100

13º  Flamengo Beira Rio                                 1000

14º  São Caetano dos Balseiros                    800 

 15º  Vamos Ver                                                   800 

16º  São Paulo Bom Sucesso                          800

17º Cruzeiro  Barro Vermelho                          750

18º  Penharol de Arraial                                   700

19º Atlético Carnaúbas                                      650

20º  Palmeiras de Nova Fátima                        650

21°  Sport Paudárco                                           650

22°  Ajax Bom Jardim                                         500

23°  Atlético Beira Rio                                        500

24°  Fortaleza do Charito                                  500

25°  PSG Gázea                                                    500

26º Inter da Vila                                                    500

27°  América de América                                    400

28°  Estrela dourada de Areias                          400

29º  Apoel                                                                350

30°  Brasil Lagoa dos Veados                            350

31°  Milan Ipuzinho                                               300

32°  Vasco Corte Branco                                     300

33º  Juventus dos Gatos                                    300

34°  Esporte Club Tucuns                                   250

35°  Corinthians Mirador                                      200

Última atualização dia 24/03/2015

Obs: Somente a equipe da palestina enviou todo seu histórico

Assim sendo as demais equipes podem ter mais pontoe que o apresentado.

obs. As posiçôes do Ranking podem mudar na medida em que as equipes mandarem os seus retrospectos do ano de 1990 a 2014. estaremos sempre atualizando o Ranking que foi baseado em conquistas destas equipes nos últimos anos más somente foi computado dados que temos em mãos quanto mais informaçôes tivermos mais atualizado será o nosso Ranking. conquistas de torneios também conta pontos neste Ranking , assim como participação em grandes competiçôes.

allowFullScreen="true">
Copa 1º de Maio 2013 - slideshows

Copa 1º de Maio 2013 Sábado dia 20/04

A galeria de fotos está vazia.

Domingo dia 21/04

A galeria de fotos está vazia.

        Galeria de videos do futebol amador

Galeria de fotos do site

II Galeria de Fotos do site Irlandioesporte

Final do Ginásio 2013

A galeria de fotos está vazia.

III Galeria de fotos

Ipueiras Master Campeão Vamos Ver 2014

A galeria de fotos está vazia.

Final Ararendá 2014

A galeria de fotos está vazia.

                                 Galeria de Finais do site

Com show de Lionel Messi, Barça bate o City de novo e avança às quartas

 
 

Liga dos Campeões nesta quarta-feira (18/03)14 fotos

2 / 14
Messi comemora gol marcado por Rakitic, contra o Manchester City Andreu Dalmau/EFE

 

Lionel Messi só não fez gol. Em uma noite inspirada, o argentino reviveu seus melhores momentos diante do Manchester City, no jogo de volta das oitavas da Liga dos Campeões. Deu dribles plásticos, fez filas, chutou com perigo, atormentou zagueiros e deu passes preciosos, um deles decisivo. Com gol do croata Rakitic após assistência do camisa 10, o Barcelona venceu por 1 a 0 e se classificou para as quartas do torneio de clubes mais importante do planeta.

A qualidade da atuação, porém, chama mais atenção do que a vaga em si. Melhorando o que já havia feito no jogo de ida, quando bateu o City na Inglaterra por 2 a 1, o Barcelona se movimentou, criou e encantou como poucas vezes se viu nos anos pós-Guardiola. Se faltou algo, foi pé na forma. Com mais esmero nas finalizações, o time azul-grená poderia facilmente ter entregado uma goleada para a sua torcida, que agora espera o sorteio das quartas da Liga na próxima sexta para saber quem enfrentará na fase seguinte.

Seja quem for, porém, terá páreo duro. O Barcelona do duelo contra o City mostrou um Messi especialmente ligado, bem apoiado pelos seus coadjuvantes de peso. Nesta quarta, especificamente, Neymar e Suárez foram ofuscados por Rakitic, que marcou o gol decisivo e ditou o ritmo do jogo.

O City, vítima do Barça pelo segundo ano seguido, adiciona mais um capítulo à sua coleção de fracassos continentais. Desde que recebeu a injeção de milhões de libras de seus novos donos, o não passou às quartas da Liga nenhuma vez sequer. Desta vez, ainda sai com o gosto amargo de ter desperdiçado um pênalti decisivo com Aguero, que daria sobrevida à equipe.

Fases do jogo:
O Barcelona começou o jogo de forma alucinante. Daniel Alves roubava bolas, Rakitic e Iniesta dominavam o meio-campo e Neymar e Messi colocavam pressão na defesa do City. Em menos de dez minutos de jogo, o brasileiro já tinha mandado uma bola na trave e o argentino tinha chegado perto do gol em um passe cortado na última hora pelos rivais.

O amplo domínio virou gol aos 30 minutos do primeiro tempo, quando Messi encontrou Rakitic na diagonal, entrando livre na área. O croata dominou no peito e tocou por cima do goleiro Hart, fazendo 1 a 0 para os catalães.

O placar só não aumentou pela falta de precisão do Barça. Neymar perderia mais um gol, Alba, Suárez e o próprio Messi outros e o City conseguiu no máximo assustar a torcida quando Ter Stegen saiu mal do gol. Ainda que tenham assumido o controle da partida, Touré e companhia não estiveram frente a frente com o goleiro, parando na defesa bem postada dos catalães.

Hart, diga-se, foi decisivo. Além da má pontaria do Barcelona, pesou para o placar enxuto o belo jogo do goleiro do City, que parou vários ataques cara a cara do time catalão. Neymar, por exemplo, terminou o jogo com pelo menos quatro falhas diante do inglês. Azar dele que Aguero tenha desperdiçado a maior chance de reação da equipe.

Aos 31 minutos, o argentino foi derrubado por Pique e conseguiu um pênalti. Se fizesse, o City poderia brigar por mais um golzinho que levaria a equipe à prorrogação. Na cobrança, porém, ele bateu mal e parou em Ter Stegen, que frustrou assim a última esperança do time visitante.

Melhor: Messi. O argentino jogou como nos melhores tempos. Se movimentou por todo o ataque, driblou com categoria, enlouqueceu os zagueiros e deu passes precisos, entre eles o do gol de Rakitic, que abriu caminho para a nova vitória do Barcelona sobre o City.

Pior: Violência do City. O time inglês foi espectador do jogo, especialmente no primeiro tempo. Sem a bola e levando um baile, abusou das pancadas. Messi e Neymar foram as maiores vítimas. No pior lance, Nasri deu um pontapé sem bola no brasileiro na frente do juiz e só vu o amarelo.

Chave do jogo: Linha de passe para Messi. A jogada se repetiu em pelo menos três oportunidades: o argentino domina na direita, corta para o meio e vê alguém passar na diagonal, por trás do lateral direito do City, entrando na área. Rakitic fez o gol assim e Neymar e Alba desperdiçaram as chances que tiveram. A falta de ajuda a Sagna na marcação matou as chances dos ingleses.

Outros destaques:
Guardiola: Hoje técnico do Bayern de Munique, o ex-treinador e ídolo do Barcelona estava na arquibancada do Camp Nou para acompanhar sua antiga equipe. Constantemente flagrado pelas câmeras de TV, ele aplaudiu o gol dos catalães e se surpreendeu com um dos rolinhos aplicados por Lionel Messi.

Aviso: Uma das melhores atuações do ano ocorre dias antes do Superclássico contra o Real Madrid, que chega ao confronto decisivo do Espanhol pressionado depois de quase ser eliminado pelo Schalke 04. A atuação de Messi e companhia pode servir como uma espécie de alerta aos merengues.

Tchau, Liga: Com a queda do City, a Inglaterra vê todos os seus representantes darem adeus mais cedo à principal competição de clubes do planeta. Antes do time de Manchester, Chelsea, Arsenal e Liverpool já tinham caído para PSG, Monaco e na fase de grupos, respectivamente. Retrospecto bem ruim para aquele que é considerado o campeonato nacional mais disputado da Europa.

 

Tevez decide, Juventus derrota o Borussia por 3 a 0 e vai às quartas

Liga dos Campeões nesta quarta-feira (18/03)17 fotos

8 / 17
Paul Pogba, da Juventus, deixa o campo machucado e é substituído por Barzagli Martin Meissner/AP

Tevez provou mais uma vez ser um jogador de decisão. Nesta quarta-feira, o craque argentino foi principal responsável pela classificação da Juventus às quartas de final da Liga dos Campeões. Com dois gols e um passe do camisa 10, o time italiano derrotou o Borussia Dortmund por 3 a 0 e, fora de casa, garantiu o retorno ao grupo dos oito melhores times da Europa. Morata, que também havia marcado na partida de ida, deu números finais à partida.

Na temporada passada, o time tricampeão italiano acabou eliminado ainda na fase de grupos depois de ser superada por Galatasaray e Real Madrid. Em 2012-2013, após ser líder do grupo e passar pelo Celtic nas oitavas de final, a Juventus acabou eliminada pelo Bayern de Munique nas quartas.

Agora, a equipe tenta voltar a disputar uma semifinal da Liga dos Campeões -- o fato ocorreu pela última vez em 2003, quando foi à final da competição. A equipe conhecerá seu adversário nas quartas na próxima sexta-feira, data do sorteio dos confrontos (a partir das 8h, horário de Brasília).

Na partida desta quarta-feira, a Juventus deu um banho de água fria na torcida do Borussia, que lotou o Westfalenstadion. Após o gol de Tevez, antes dos três minutos de jogo, o time alemão não conseguiu encontrar forças para empatar e tentar a virada (uma vitória por 2 a 1 levaria a partida para a prorrogação). Apático e sem criatividade, o Borussia ainda viu a Juventus matar o jogo no segundo tempo, com gols de Morata e Tevez.

Fases do jogo

O Borussia nem teve tempo de respirar. Logos aos dois minutos, Tevez recebeu livre pelo meio, avançou e chutou forte. Weidenfeller hesitou por um segundo e, atrasado, nao conseguiu chegar na bola. Aos 15 minutos, a Juventus quase ampliou em novo chute de fora da área. Weidenfeller, porém, conseguiu espalmar para escanteio o chute de Lichtsteiner.

Sem profundidade, restou ao Borussia os chutes de longe e os cruzamentos em cobranças de falta perto da área. Aos 19, Vidal cometeu falta perto da área. Reus bateu e Marchisio afastou. Schmelzer, no lance seguinte, arriscou de longe, mas a zaga do time italiano conseguiu cortar. No minuto seguinte, após mais uma falta cobrada para a área, Buffon, tranquilo, ficou com a bola.

Aos 27, Pogba deixou o campo machucado depois de choque com Papastathopoulos pela esquerda. Massimiliano Allegri optou, então, por mais um zagueiro na equipe: Barzagli. Dessa forma, a Juventus passou a atuar com uma linha de três na defesa e mais liberdade para Lichtsteiner e Evra.

A Juventus, a partir dessa nova formação, tentou a controlar mais o jogo e até esboçou uma pressão no fim do primeiro tempo. Do outro lado, O Borussia, com mais posse de bola, não conseguia chegar à área italiana por conta da forte marcação da Juventus no meio-campo e os passes errados -- especialmente de Gündogan e Bender.

No segundo tempo, a Juventus mudou a postura ao trocar passes no campo de ataque. Aos 10 minutos, quase conseguiu ampliar o placar. Morata recebeu na frente e bateu rasteiro, mas Weidenfeller impediu o segundo gol italiano.

Aos 17, o Borussia quase empatou a partida. Buffon, no entanto, salvou a Juventus no primeiro chute do Borussia ao gol. Sete minutos depois, o time italiano conseguiu marcar o segundo gol. Marchisio lançou Tevez pela direita. Com muito espaço, o argentino invadiu a área e serviu Morata. Livre, o atacante só teve o trabalho de empurrar para o fundo do gol.

O Borussia, na parte final do jogo, manteve o estilo de jogo, com muita posse de bola e falta de criatividade. Para piorar a situação, a Juventus ainda marcou o terceiro. Lançado por Pereyra, Tevez tocou na saída de Weidenfeller e fechou o placar as 34 minutos da etapa final.

O melhor: Tevez - O craque argentino definiu o jogo ao marcar dois gols e dar uma assistência para o gol de Morata. No primeiro gol, o artilheiro do Campeonato Italiano surpreendeu Weidenfeller ao finalizar de fora da área em chute muito forte. No gol de Morata, poderia ter finalizado para o gol, mas preferiu deixar o companheiro na cara do gol

O pior: Weidenfeller - O goleiro errou no primeiro gol da Juventus. Após o chute de Tevez, o alemão demorou para pular na bola. Nos outros gols, Weidenfeller não teve culpa. O primeiro gol sofrido, no entanto, foi decisivo para a derrota do Borussia.

Chave do jogo: O gol no início da partida. O Borussia Dortmund precisava vencer por 1 a 0 para ir às quartas de final, mas perdeu o fôlego com o chute de Tevez de fora da área. No segundo tempo,sem forças, ainda sofreu mais dois gols do time italiano.

Para lembrar:
A Juventus voltou a levar a melhor sobre o Borussia e, de quebra, vingou a derrota na final da Liga dos Campeões de 96-97. O time italiano, por sua vez, venceu a final da Copa da Uefa da temporada 92-93 (venceu em Turim e em Dortmund). Dois anos depois, o time italiano voltou a derrotar o rival -- na semifinal do mesmo torneio, após empatar em casa e vencer na Alemanha).

Ainda em 1995, as equipes se encontraram na fase de grupos da Liga dos Campeões: a Juventus levou a melhor em Dortmund (3 a 1) e o Borussia fez 2 a 1 na Itália. No jogo mais importante entre os times, entretanto, o Borussia levou a melhor. Em 1997, os alemães conquistaram o título da Liga dos Campeões ao vencer a Juventus por 3 a 1. A final foi disputada no estádio Olímpico de Munique.

 

CBF divulga tabela detalhada das 10 primeiras rodadas do Brasileirão; veja

Palmeiras x Atlético-MG e Chapecoense x Coritiba abrem campeonato no sábado, dia 9 de maio, às 18h30. Campeão Cruzeiro cumprirá perda de mando e joga em Brasília

Por Rio de Janeiro

A CBF divulgou nesta terça-feira a tabela detalhada das 10 primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro de 2015. Três partidas abrirão a disputa no próximo dia 9 de maio. Destaque para o duelo entre Palmeiras e Atlético-MG, na Arena Palmeiras, às 18h30. No mesmo horário, Chapecoense e Coritiba se enfrentam em Chapecó. Ainda no dia 9, Fluminense e Joinville se enfrentam no Maracanã.  

No dia 10, um domingo, os demais sete jogos complementam a rodada inaugural do Brasileirão. Quatro partidas acontecem às 16h: São Paulo x Flamengo, Cruzeiro x Corinthians, Atlético-PR x Internacional e Sport x Figueirense. Às 18h30, as três demais partidas: Vasco x Goiás, Grêmio x Ponte Preta e Avaí x Santos.  

Os rivais mineiros Cruzeiro e Atlético-MG cumprirão perda de mando de campo em seus primeiros jogos como mandante. Atual campeão, a Raposa receberá o Corinthians no estádio Mané Garrincha, em Brasília. O Galo cumprirá a punição na segunda rodada, diante do Fluminense, em local ainda indefinido.

O Corinthians, que também terá cumprirá punição semelhante, receberá a Chapecoense na segunda rodada em local também indefinido. Goiás e Ponte Preta farão seus primeiros jogos como mandante com portões fechados. O Esmeraldino encara o Atlético-PR no Serra Dourada sem torcida, e a Macaca pega o São Paulo no Moisés Lucarelli fechado. O Alvinegro campineiro ainda terá mais uma partida sem torcida, na quarta rodada, contra a Chapecoense.

Confira a primeira rodada detalhada:

Sábado, 09/05

18h30
Palmeiras x Atlético-MG, na Arena Palmeiras
Chapecoense x Coritiba, na Arena Condá

21h
Fluminense x Joinville, no Maracanã

Domingo, 10/05

16h
São Paulo x Flamengo, no Morumbi
Cruzeiro x Corinthians, no Mané Garrincha
Atlético-PR x Internacional, na Arena da Baixada
Sport x Figueirense, na Ilha do Retiro

18h30
Vasco x Goiás, no São Januário
Grêmio x Ponte Preta, na Arena do Grêmio
Avaí x Santos, na Ressacada

Pato entrega brincadeira com Yepes, do San Lorenzo, em época de Milan

Atacante revela tentativas de dribles para cima do defensor durante treinos para deixá-lo irritado; colombiano confirma: "Eles tentavam me driblar e eu os matava depois"

Por São Paulo

Alexandre Pato e Mario Yepes jogaram juntos no Milan, entre 2010 e 2012, e viraram amigos. Nas idas e vindas da carreira de jogador de futebol, agora ambos irão se enfrentar pela primeira vez no jogo entre São Paulo e San Lorenzo, no Morumbi, pela Taça Libertadores. Antes da rivalidade posta em jogo nas quatro linhas, o atacante tricolor aproveitou para lembrar das brincadeiras com o colombiano nos treinos na Itália (assista ao vídeo).

- Nós brasileiros que éramos ali da frente: "Óh, vamos driblá-lo que ele fica brabo" - lembrou.

Mario Yepes participou do treino e do trabalho de reconhecimento do gramado do Morumbi, na noite desta terça-feira, com o time do San Lorenzo. Após a atividade, coube ao zagueiro não apenas confirmar a recordação na época de Milan, mas também afirmar que além de ficar irritado, tentava "matar" os companheiros na sequência da jogada.

- Eu queria matá-los. Eles tentavam me driblar e eu os matava depois. Tentavam, mas não conseguiam. Quando conseguiam, tinham que cuidar das canelas e dos joelhos - respondeu Yepes, aos risos.

Pato, gol São Paulo x Danubio (Foto: Marcos Ribolli)Amigo de Yepes, Pato lembra brincadeiras de dribles nos treinos quando estavam no Milan (Foto: Marcos Ribolli)



Mas não foram apenas as brincadeiras que Alexandro Pato lembrou ao falar de Mario Yepes. A amizade também foi ressaltada na base de elogios.

- O Mario posso falar que foi um cara muito legal, um amigo que eu conheci dentro do campo e ficamos amigos fora do campo também - disse Pato. 

Yepes, por sua vez, disse estar feliz pelo amigo "ter retomado a felicidade no São Paulo".

- Fizemos uma grande amizade, eu lembro muito dele. É um grande garoto e estou contente por ele ter retomado a felicidade aqui no São Paulo - falou o colombiano.

São Paulo e San Lorenzo se enfrentam nesta quarta-feira, às 22h, pelo Grupo 2 da Taça Libertadores da América, com transmissão do SporTV. Por conta da vitória do Corinthians sobre o Danubio por 2 a 1, nesta terça, que fez o Timão chegar à liderança da chave com nove pontos, tanto o Tricolor como os argentinos - ambos com três pontos - precisam da vitória no jogo que será realizado no Morumbi.

No Rio Branco é assim: pintou problema, é só chamar Júlio César. Quebra um galho como treinador? Lá está ele. Pode ser vice-presidente de futebol? O ex-zagueiro da seleção brasileira topa na hora. E dá para acumular isso tudo com a diretoria? É claro! De tão prestativo, ganhou mais uma incumbência. Agora, será auxiliar-técnico em mais uma tentativa de reerguer o time de Americana, há cinco anos longe da primeira divisão do Campeonato Paulista.

Júlio César auxiliar Rio Branco-SP (Foto: Sanderson Barbarini / Foco no Esporte)Júlio César assume nova função e tenta recuperar Rio Branco em 2015 (Foto: Sanderson Barbarini / Foco no Esporte)



Júlio César foi confirmado como integrante da comissão técnica do Tigre nesta semana, horas depois da apresentação do novo treinador, Carlos Octávio. Zagueiro de sucesso com as camisas de Guarani, Borussia Dortmund (Alemanha) e Juventus (Itália), o profissional ajudará na rotina diária de treinos e no trato com os jogadores. O ex-goleiro Silvio Luiz (ex-São Caetano, Vasco, Corinthians e também Seleção) completa o quadro.

A lista de serviços de Júlio César no Rio Branco é extensa. Ligado a cidade de Americana, o ex-zagueiro passou a colaborar como dirigente até assumir um cargo oficial. Ajudou na montagem do time que conquistou a Série A3 do Paulista em 2012. No ano seguinte, levou, como técnico, o Tigre à fase final da Copa Paulista.

Em 2014, a participação do ex-jogador foi ainda maior. Iniciou o ano como vice-presidente, mas virou técnico após as demissões de Wallace Lemos e Edson Vieira. Quebrou um galho e evitou o rebaixamento, apesar de não colocar o Rio Branco em condições de disputar o acesso. Encerrou a temporada como colaborador à distância.

Agora como auxiliar, Júlio César tem nova chance de ajudar no reerguimento do Tigre. Um dos clubes mais tradicionais do interior de São Paulo, o Rio Branco está longe da elite paulista desde 2010. Atualmente, ocupa a 11ª colocação, com 13 pontos, e vem de quatro derrotas seguidas. O sonho do acesso, mais uma vez, se distancia do Estádio Décio Vitta. O ex-zagueiro, agora com novo papel, espera melhorar o cenário.

Comissão técnica do Rio Branco-SP (Foto: Sanderson Barbarini / Foco no Esporte)Nova comissão técnica do Rio Branco é liderada por Carlos Octávio (Foto: Sanderson Barbarini / Foco no Esporte)

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!